Top

“Project: Under Gardiner”, o parque linear sob uma auto-estrada em Toronto

Nada melhor que aproveitar os espaços das cidades e proporcionar mais lazer e qualidade de vida para os moradores. Pensando nisso, um projeto foi anunciado na cidade de Toronto, no Canadá. Chama-se “Project: Under Gardiner”, que se trata de um parque linear com espaço para o convívio de pedestres, ciclistas e esportistas, e que será construído sob um trecho elevado de uma auto-estrada, a “Gardiner Expressway”.

project-under-gardiner-toronto-blog-da-arquitetura
Imagem: Project: Under Gardiner

O conceito inicial é de Ken Greenberg, um designer urbano de Toronto, em conjunto com Marc Ryan e Adam Nicklin, do escritório de arquitetura Public Work, com sede na cidade canadense. O objetivo é utilizar um espaço de 4 hectares, até então inutilizado, e transformá-lo em um local produtivo para o uso público.

gardiner-toronto-blog-da-arquitetura
Imagem: Project: Under Gardiner

O parque linear sob a auto-estrada irá ocupar quase 2 km, portanto, não será necessário construir uma infraestrutura à parte, pois será utilizada a base já existente. Ainda será possível a criação de espaços externos e separados, em que poderão ser desenvolvidas diversas atividades de recreação. Além disso, o parque terá localização privilegiada, com ligação entre sete bairros, e próximo a pontos importantes da cidade, como o estádio Rogers Centre e o Ripley’s Aquarium Toronto.

under-gardiner-blog-da-arquitetura
Imagem: Project: Under Gardiner

A obra deverá ser iniciada no verão canadense, em 2016, com previsão de término da primeira fase da construção em fins de 2017. O projeto recebeu a doação de 25 milhões de dólares de Judy e Wil Matthews, um casal de filantropos. Judy destacou, em entrevista ao “Toronto Life”, que o novo espaço é importante para a convivência entre os moradores da cidade, inclusive para diminuir a solidão e ajudar as pessoas que enfrentam problemas emocionais e psicológicos. É dos projetos e atitudes que valem a pena serem conhecidos e divulgados.

Referências: Dezeen, Giz Mag, Toronto Life