Top

IAB escolhe a proposta vencedora para o Memorial Boate Kiss

Em 27 de janeiro de 2013, o Brasil acordou com uma notícia muito triste, a de um terrível acidente que ocorrera na cidade universitária de Santa Maria, no interior do Rio Grande do Sul. Duzentos e quarenta e dois jovens morreram naquele dia em um terrível incêndio na boate Kiss. Agora, cinco anos depois, um concurso público de projetos de arquitetura apresenta uma proposta de homenagem às vítimas, lembrando que a tragédia não foi em vão. A construção do Memorial Boate Kiss é a melhor maneira de eternizar o amor dessas famílias, e os sonhos dos filhos que se foram naquele dia. Portanto, não é um símbolo de morte, mas de vida.

“O Memorial Boate Kiss tem o objetivo e a responsabilidade de ressignificar aquela área física, para que não se repita. É o momento de a arquitetura dar sua contribuição neste triste evento.”– Lídia Rodrigues, presidente do Núcleo do IAB em Santa Maria.

Para que não se repita!

Memorial Boate Kiss
Edifício onde funcionava a boate Kiss. (imagem extraída de Concursos ARQ)

“Nossos filhos viveram e tiveram sonhos e eles continuam em nossos corações. O memorial Boate Kiss é para o presente e para o futuro de outros jovens.”– Paulo Carvalho, pai de uma das vítimas, na cerimônia de divulgação do vencedor do concurso.

+Memorial Boate Kiss | Sobre o concurso

No dia exato em que houve o incêndio, só que cinco anos depois, o Instituto dos Arquitetos do Brasil, em parceria com a prefeitura de Santa Maria e os familiares das vítimas e sobreviventes, lançou o edital do concurso para o Memorial Boate Kiss às Vítimas. Desde o dia 19 de março, arquitetos de todo o país puderam manifestar as suas ideias. No total, foram 133 propostas inscritas – quase um terço do Rio Grande do Sul. Cinco delas foram selecionadas, mas apenas uma foi declarada vencedora.

“Foi um dos mais significativos concursos que o Instituto de Arquitetos do Brasil já realizou, pelo processo rico, intenso e com tanto sentimento envolvido.” – Rafael Passos, presidente do IAB RS.

Memorial Boate Kiss
Imagem promocional concurso Memorial Kiss. (imagem extraída de Claudemir Pereira)

Recentemente, no dia 10 de abril, em um evento no Auditório do Colégio Marista, em Santa Maria – transmitido ao vivo pela página do IAB; o vencedor foi anunciado. O primeiro lugar ficou com o escritório Motta e Zene Engenharia e Arquitetura, de São Paulo, representado pelo arquiteto e urbanista Felipe Zene Motta. Os outros quatro colocados foram Frederico André Rabelo, de Goiânia; Fabio Henrique Faria, de Curitiba; Fernando Maculan Assumpção, de Belo Horizonte; e Paulo Henrique Paranhos, de Brasília. Essa decisão ficou a cargo de uma comissão formada por familiares e pessoas da comunidade.

Memorial Boate Kiss
Cerimônia divulgação vencedor do concursos Memorial Kiss. (imagem extraída de IAB RS em facebook)
Memorial Boate Kiss
Algumas das propostas entregues à comissão julgadora. (imagem extraída de Arquipélago Arquitetura em Facebook e Gazeta do Povo)

+Memorial Boate Kiss | Sobre a proposta vencedora

Houve muitos bons motivos para que a proposta de Felipe Zene Motta fosse escolhida. Em primeiro lugar, diferente das concorrentes, ela apresentava uma melhor solução de implantação, principalmente quanto ao tipo de terreno onde constava a Kiss. A ideia do projetista era transformar a área da boate em um lugar de respeito ao passado, conforto ao presente e esperança ao futuro. Para isso, ele propôs uma arquitetura bem simples, de fácil execução, com uma área central florida e outros equipamentos especiais integrados, reforçando o sentido afetivo no local.

Da rua, se veria um muro de concreto e tijolos, bloqueando quase que totalmente a visão do observador para o interior do memorial – isso seria a representação do luto. Adentrando no terreno, encontrar-se-ia um espaço com muitas flores e luz natural. Em torno do mesmo, haveria duzentos e quarenta e dois pilares de madeira – o número de vítimas da tragédia. Esses elementos suportariam uma estrutura fechada, formando uma varanda e diversas salas multiuso.

Memorial Boate Kiss
Vista frontal – da calçada – da proposta vencedora. (imagem extraída de IAB RS em facebook)
Memorial Boate Kiss
Interior do futuro Memorial Kiss, com jardim aberto florido. (imagem extraída de IAB RS em facebook)

Dos espaços internos os visitantes poderiam contemplar a área ajardinada. Num recanto pré-determinado, com o nome das vítimas, eles ainda poderiam depositar as suas homenagens. Sob a cobertura haveria um auditório, com palco e bancos em lados opostos. Também um acervo com uma exposição permanente multimídia, contando toda a triste história do ocorrido. E ainda uma sala reservada para a sede da Associação dos familiares das vítimas e sobreviventes.

Memorial Boate Kiss
Ala coberta, espaço para reflexão e memória. (imagem extraída de IAB RS em facebook)

 + Memorial Boate Kiss | Sobre a construção do Memorial Kiss

Para pagar o concurso, fez-se um financiamento coletivo através da internet. Somando todas as doações, foi arrecadado R$249 mil. O primeiro colocado deve receber o total referente à primeira parcela do contrato para a elaboração dos projetos executivos, ou seja, R$15 mil. Mas, para a execução da obra, o valor estimado é de R$3 milhões. Este é, justamente, o desafio de agora, realizar um segundo financiamento virtual.

O prédio onde funcionava a boate Kiss não tem data para ser demolido. Isso se deve ao fato do julgamento do caso pela Justiça não ter chegado ao fim – sendo que ainda nem tem uma prazo estimado para acontecer. Portanto, não há qualquer previsão para o início das obras, muito menos para a conclusão do projeto do memorial Boate Kiss. Porém, agora que foi divulgada a proposta vencedora, a Motta e Zene Engenharia e Arquitetura tem cento e cinquenta dias para concluir os demais desenhos técnicos, assim como fora acordado.

FontesCAURSDiário de Santa MariaGazeta do Povo


Leia Também:

‘Lei Kiss Federal’ entra em vigor este ano e divide opiniões

  • Waldemar Maletta

    O local ficou lindo deveriam ter feito um memorial lindo assim na Praça do Prédio da TAM, que trabalho maravilhoso. Parabéns