Ícone do site Blog da Arquitetura

A fazenda urbana no alto de um prédio em Nova York

A agricultura urbana é cada vez mais difundida devido à importância sustentável dos projetos, pela economia gerada a partir do corte dos custos com a distribuição de alimentos, e pela maior segurança quanto à qualidade dos produtos oferecidos. Em Nova York, um novo exemplo de horta urbana está fazendo sucesso. A Brooklyn Grange é, na verdade, mais que uma horta. É uma fazenda que está localizada na cobertura de um prédio público no distrito de Queens, e ali são cultivadas hortaliças, legumes e frutas.

Esta já é considerada a maior fazenda de telhado em Nova York e foi financiada pelo Programa Verde do Departamento de Infraestrutura da cidade. Anualmente, são produzidos cerca de 20 mil quilos de alimentos como acelga, couve, berinjela e tomates. Mesmo no inverno é possível manter a fazenda ativa através das culturas de cobertura, essenciais também para a reposição dos nutrientes do solo.

A fazenda urbana tem uma área de 43 mil metros quadrados e, além do cultivo dos produtos naturais, outro destaque na Brooklyn Grange é o apiário, que conta com mais de 30 colmeias e é considerado o maior apiário urbano local.

O coordenador da fazenda urbana, Marty Markowitz, destacou a importância de que espaços ociosos nos bairros de Nova York sejam utilizados para o cultivo de alimentos, como foi o caso da laje deste edifício. A fazenda urbana também ajuda na captação de água e no equilíbrio natural do local, com o cultivo do verde no alto do prédio. Para os moradores e turistas de Nova York é possível conhecer gratuitamente o projeto, todos os sábados, de 16 de maio a 24 de outubro. No local ainda acontecem aulas de ioga, provas de vinho, concertos e eventos.

Vale esperar que iniciativas como essa sejam cada vez mais comuns e em diferentes cidades. Para conhecer mais sobre o projeto, acesse o site da Brooklyn Grange.

Imagens: Brooklyn Grange

Referência: Ecoeficientes

Sair da versão mobile