publicidade

publicidade

Design de Interiores e Arquitetura são a mesma coisa?


Você já teve dúvidas sobre quais são as diferenças entre as áreas de Design de Interiores e Arquitetura? Calma, você não é o único. As duas áreas possuem algumas similaridades entre si, por isso, a confusão entre as duas é bem frequente. No entanto, são carreiras distintas e com atribuições legais e responsabilidades técnicas próprias. Pensando nisso, o Blog da Arquitetura pesquisou e conversou com profissionais da área para entender melhor a questão. Confira!

Fonte: Pixabay.

O que faz o designer de interiores?

Como o próprio nome diz, o profissional desta área tem como objetivo cuidar da decoração e da composição dos espaços internos de um ambiente. Segundo a designer de interiores e arquiteta Simone Sierra, o profissional tem que se atentar a algumas normas. “O designer de interiores atua na concepção e organização dos espaços seguindo normas técnicas de ergonomia, acústica, luminotécnica, entre outras, além de ser um profissional capaz de captar suas reais necessidades e concretizá-las”, conta.

Ou seja, o designer tem como tarefa escolher acessórios, objetos, móveis e demais itens que irão compor o ambiente, de forma harmoniosa e funcional. Para isso, é imprescindível que o profissional esteja atualizado e alinhado com as tendências do mercado para oferecer as melhores soluções de acordo com as necessidades dos clientes. O curso de Design de Interiores tem duração em média de três anos e é considerado tecnólogo.

Fonte: Pixabay.

O que faz o arquiteto?

O curso de Arquitetura e Urbanismo visa formar profissionais que serão responsáveis por projetarem espaços comerciais e residenciais, como casas, prédios, museus, escritórios, entre outros, e até mesmo planejarem espaços urbanos como condomínios, bairros e até cidades. O arquiteto tem uma formação de cinco anos de nível superior e tem sua profissão regulamentada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU). Além disso, é habilitado a emitir o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT), que visa garantir a segurança técnica e civil ao cliente.

Segundo Simone, a área de atuação do arquiteto é bem ampla. “O profissional desta área tem a capacidade de atuar desde a escolha do terreno até acompanhar grandes obras urbanas. Pode ainda atuar na concepção de cidades e planejamento urbano”, conta. Além disso, o arquiteto é, normalmente, o coordenador das diversas disciplinas que envolvem um projeto, ou seja, estrutura, hidráulica, elétrica, incêndio e também o Design de Interiores.

Fonte: Pixabay.                   

Há rivalidade entre as duas áreas?

Esta pergunta faz parte dos mitos que permeiam as duas profissões. Ao contrário do que muita gente pensa, tanto o designer de interiores quanto o arquiteto necessitam atuar em parceria para o sucesso do projeto. Literalmente, uma área complementa a outra e faz parte de todo e qualquer projeto de obra.

Outro mito que precisa ser desmistificado é em relação à atuação do designer de interiores. O profissional desta área pode atuar, também, em ambientes externos podendo auxiliar o arquiteto e complementar o fechamento da obra.

Se você ficou com alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre outras profissões, deixe seu comentário aqui embaixo. ;)


Veja também: Profissão de designer de interiores é regulamentada. O que muda e o que isso significa?


publicidade

publicidade