Ícone do site Blog da Arquitetura

Curte paisagismo? Conheça esses 7 tipos de jardins [+DICA]

Quem não gosta de relaxar em um jardim, desfrutando do verde ao redor ou lendo um bom livro? Para quem prefere a última atividade, aliás, uma dica de leitura é O livro das áreas verdes, obra de Andrew Wilson lançada pela Editora Senac. Com mais de 100 projetos inspiradores e de fácil aplicação ou adaptação, o guia também traz plantas em escala, características dos jardins e muitas imagens ilustrativas.


Veja também: Como fazer uma horta ou jardim de pallet


Confira abaixo alguns tipos de jardins que integram O livro das áreas verdes e inspire-se para o seu próximo projeto!

Jardins temáticos

Jardim temático no Jardim dos Pinhais Ecco Parque, em Santo Antônio do Pinhal, SP (Foto: TripAdvisor)

Como o próprio nome sugere, este tipo de jardim segue determinado tema. Costumam estar inseridos em grandes parques e até em mostras e competições. No Brasil, alguns exemplos podem ser vistos no Jardim dos Pinhais Ecco Parque, em Santo Antônio do Pinhal (SP), e no Parque Amantikir, em Campos do Jordão (SP).

Jardins urbanos

Jardins da Baía, em Cingapura: belo exemplo de jardim urbano (Foto: Loz Blain)

Responsáveis por levar um pouco de frescor e bem-estar às grandes cidades, esse jardins têm grande importância no paisagismo urbano. Podem ser públicos ou privados, com espécies de plantas ornamentais e hortas, além de espaços de lazer e convívio integrados à área verde.

Jardins formais

O jardim do Palácio de Versalhes, na França, é exemplo de estilo formal (Foto: Divulgação)

Esses projetos são mais rigorosos, utilizando da geometria e simetria para organizar as plantas e as estruturas com precisão. Tudo é calculado para criar um espaço visualmente atraente. Um exemplo clássico são os jardins do Palácio de Versalhes, na França.

Jardins informais

Jardim tropical na Austrália (Foto: Dennis Hundscheidt)

Ao contrários dos formais, estes são irregulares. Sua estética faz com que pareçam ter sido criados de maneira natural, mesmo que tenham sido pensados e arranjados. Jardins tropicais seguem essa premissa, sendo caracterizados pela informalidade.

Jardins pequenos

Jardim projetados por Raphael Costa Bastos na varanda de um apartamento (Foto: Veja Rio)

Criados exclusivamente para espaços menores, trata-se de um dos tipos de jardins mais populares nas grande cidades, onde boa parte dos habitantes vive em apartamento. Atualmente, os verticais caíram no gosto das pessoas, pela praticidade e beleza.

Jardins de água

Jardim das Águas, no Parque das Nações, em Lisboa (Foto: Panoramio)

Aqui, a água é a protagonista, podendo ser um simples espelho d’água, lago artificial ou uma piscina natural. Em Lisboa, o Jardim das Águas, no Parque das Nações, é um exemplar robusto deste tipo de jardim.

Jardins campestres

Jardim do Monte dos Récollets, no norte da França (Foto: Revista Jardins)

Mais rústicos, remetem ao campo. Por isso mesmo, é um dos tipos de jardins mais aconchegantes, trazendo uma certa informalidade. Contêm espécies de plantas que costumam crescer naturalmente no campo.


Veja também: Como cultivar um jardim bonito e sem desperdícios de água?

Sair da versão mobile