Top

Conheça os bancos de praças mais criativos do planeta

O design e a arquitetura estão por toda parte, basta observar. Eles estão inseridos até mesmo nas coisas mais simples e que mal reparamos no dia a dia, como um móvel ou pequenos objetos. Para dar uma prova disso, o Blog da Arquitetura selecionou alguns dos bancos de praças e parques públicos mais criativos ao redor de todo mundo. Confira!

+ Banco 3D

banco2-blog-da-arquitetura
Crédito: Catraca Livre

O design deste banco passa uma forte e incrível impressão que o assento está literalmente saindo do chão, enquanto obviamente é uma mistura de pintura com o posicionamento da câmera. Para reforçar ainda mais esta “sensação”, o criador do assento utilizou um tipo de piso que simula tábuas de madeira, como a que supostamente teria se “descolado” das outras.

+ Banco literário

banco5-blog-da-arquitetura

A inspiração em livros desta vez não criou apenas uma nova história. Vale destacar o belo trabalho artístico das duas pinturas contidas nele, além do trabalho em questão para que as laterais do banco conseguissem um aspecto bem semelhante ao de páginas de um livro, como o tom de cor amarelado, a suposta flexibilidade e a divisão das folhas.

+ Vai uma sombra?

banco6-blog-da-arquitetura

Esta obra chega a impressionar de tão óbvia. Ao longo de um extenso banco em uma praça, vários chapéus e bonés gigantes produzem sombra pra quem passar por ali. Nada mal para um dia quente de verão, não é?

 

+ Cadeira Voadora

banco8-blog-da-arquitetura

Esta espécie de espreguiçadeira tem como objetivo passar uma ilusão de que está flutuando, enquanto seu apoio se dá apenas pela frente, ao contrário do usual. Apesar de já ser algo mais conhecido do meio, ainda sim ela se destaca pelas curvas de seu design e a combinação da madeira com o metal.

 

+ Banco ou Gangorra?

banco9-blog-da-arquitetura

Este banco possui uma função diferente: enquanto as pessoas procuram um local para descansar e relaxar quando se sentam, neste aqui esse propósito costuma não dar muito certo. Foram utilizados conceitos de momento e equilíbrio em toda sua estrutura e, apesar de poder ser utilizado por uma pessoa apenas, convenhamos que é bem mais divertido quando se está em dupla!

 

Conhece algum outro banco criativo por aí? Compartilhe com a gente através da hashtag #blogdaarquitetura.

Fonte: Catraca Livre