Top
Hotel Sumaq

Conheça nossas impressões sobre a estadia repleta de cultura andina no Sumaq Machu Picchu Hotel

Os mistérios e a arquitetura inca de Machu Picchu são especiais. Esse é um dos motivos pelo qual a maioria dos arquitetos sonha em conhecer a grandiosidade do lugar. Se você é um deles e, ainda, pretende ter uma estadia confortável para aproveitar ao máximo a viagem, você precisa conhecer o Sumaq Machu Picchu Hotel. Nele, você pode aproveitar bastante a cultura e a culinária local, além de ficar hospedado em um ambiente luxuoso. Se você está buscando por hotéis em Machu Picchu Pueblo, o Sumaq é a melhor opção. Para comprovar isso, vou te contar um pouco sobre a nossa estadia por lá.

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

+ O Hotel Sumaq

O Hotel Sumaq é o único hotel cinco estrelas da região. Só isso já é um grande diferencial. Nele, a cultura andina está espalhada por todo lado, desde a culinária até os mínimos detalhes, como no edredom e nos puxadores dos armários que formam a Chakana, mais conhecida como Cruz Andina. A arquitetura também não fica de fora: ela é totalmente inspirada na enigmática cidade perdida dos Incas. Os ambientes e as acomodações foram recentemente remodelados e seguem a cultura milenária local. Os quatro pavimentos do Hotel Sumaq possuem representações dos 4 elementos da natureza: ar, fogo, terra e água.

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

Além das instalações maravilhosas e luxuosas do hotel, ele ainda está em uma localização privilegiada. Estabelecido aos pés do rio Vilcanota (que é o curso de água que dá origem ao Amazonas – no território brasileiro, o Vilcanota é chamado de Solimões), o Sumaq oferece uma vista incrível para o Santuário Histórico de Machu Picchu.

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

Além disso, os serviços oferecidos também são excelentes. A diária inclui: um café da manhã bem completo com opções para todos os gostos, um chá da tarde com bolinhos, pães, frutas, café e chás variados e drinks típicos de cortesia no bar/lounge chamado Suquy. O jantar pode ou não estar incluso na diária.

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

+ Nossa estadia no Hotel Sumaq

Logo na chegada, nós fomos recebidos com um chá de muña, uma erva muito popular na região. Após o check-in, aproveitamos o tempo livre que tínhamos para fazer um curso de Pisco Sour, uma bebida típica de lá (assim como a caipirinha é aqui no Brasil) e Ceviche (maravilhoso prato típico da culinária peruana) – arrisco a dizer que foi um dos melhores que já comi na vida. O Hotel Sumaq Machu Micchu oferece esses cursos diariamente aos hóspedes como uma forma de entretenimento.

No quesito alimentação, a comida estava impecável todos os dias! A culinária do restaurante do Sumaq, chamado Qunuq, é de primeira e adota as raízes andinas e o legado culinário dos Incas, fazendo uma fusão com técnicas culinárias contemporâneas que resultam em pratos incríveis. Isso permite conhecer um pouco mais sobre a gastronomia local. As refeições incluem entrada, prato principal e sobremesa, além de um couvert com pães rústicos e artesanais (os quais, na nossa opinião, são de comer rezando!).

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura
Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

Dizem que os detalhes sempre fazem a diferença e nós tivemos vários mimos que tornaram a experiência ainda mais agradável. Um exemplo é que, à noite, sempre passavam em nosso quarto oferecendo mini chocolates da região feitos de quinoa e com diferentes porcentagens de cacau. Já deu para perceber que, no que diz respeito a ficar bem alimentado, com comida de qualidade, você não vai ter problema algum, não é?

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

A experiência de estar em um lugar místico com uma energia tão incrível se acentuou ainda mais por estarmos em um hotel com tantos aspectos da cultura Inca que nos proporcionou muito conforto e aconchego após dias longos e cansativos recheados de passeios intensos. Dessa forma, o ambiente e todos os recursos oferecidos fazem com que a mágica do lugar não acabe quando você volta para o hotel, ela permanece até o triste momento de fazer o check-out e voltar para casa.

Hotel Sumaq
Foto: Eduardo Mikail | Blog da Arquitetura

Ficou curioso(a) e com vontade de conhecer o incrível Sumaq Machu Picchu Hotel? Saiba mais aqui. Além disso, se quer saber mais sobre nossa experiência no Sumaq, confira o vlog da viagem!


ASSISTA A SÉRIE DE COMPLETA DA VIAGEM EM NOSSO CANAL: