Top

Casa de Francisca terá sede em patrimônio histórico

A Casa de Francisca, conhecido espaço para shows em São Paulo, ganhará novo endereço em um importante marco arquitetônico e cultural do centro da cidade: o Palacete Teresa Toledo Lara.

A escolha do novo local confirma que o centro de qualquer cidade, seja qual for seu tamanho, guarda sempre muitas histórias que ajudam a contar seus “dias de glória”, parafraseando Bruce Springsteen. Um dos inúmeros edifícios tombados da capital paulista, com arquitetura marcante de uma época, é justamente o Palacete Teresa Toledo Lara. Datado de 1910, está localizado entre as ruas Direita, Quintino Bocaiúva e José Bonifácio, em uma área conhecida como triângulo histórico.

CASA DE FRANCISCA-BLOG-DA-ARQUITETURA
Palacete Teresa Toledo Lara, no centro de São Paulo, onde funcionará a nova Casa de Francisca. Foto: São Paulo Antiga

Além da contribuição arquitetônica, o palacete exerceu importante papel cultural: foi sede das casas de instrumentos e partituras Bevilacqua e Irmãos Vitale e da Rádio Record, entre os anos 1940 e 1950. Um dos personagens que estavam sempre por lá era o cantor e compositor Adoniran Barbosa, que construiu a fama como radioator da emissora.

Com os “dias de glória” do Teresa Toledo Lara prestes a voltar, com a inauguração da Casa de Francisca em breve, o imóvel está na fase final da reforma, que respeitou todas as exigências de um prédio tombado pelo patrimônio municipal.

 + Financiamento coletivo

Segundo a Folha de S. Paulo, a Casa de Francisca funcionará em uma parte do primeiro andar do palacete, que possui área total de 2.766 m² e tem três pavimentos e subsolo. A capacidade subirá de 44 pessoas, no endereço dos Jardins, para até 150 pessoas. Os autores do projeto, que é financiado pelo coletivo El Fundador, pretendem manter o ambiente intimista.

A grande ideia é que qualquer pessoa pode colaborar com o financiamento da Casa de Francisca no novo endereço: basta adquirir um dos quatro modelos da cadeira desmontável exclusiva, feita de papelão, compensado naval, mdf e cumaru – além de levar brindes, como camisa e bandeira, e ter descontos em ingressos e refeições no local. Ou ainda, pode comprar protótipos em miniatura das cadeiras, para decorar a estante.

Acesse o site do El Fundador e saiba como colaborar como o projeto de financiamento coletivo.

casa-BLOG-DA-ARQUITETURA
Equipe da Casa de Francisca e colaboradores apresentam a cadeira que faz parte do financiamento coletivo. Foto: Pablo Saborido/Divulgação