Ícone do site Blog da Arquitetura

Saiba como a cadeira gamer pode ajudar a ter mais ergonomia na hora de projetar

Normalmente, arquitetos, designers e profissionais da área passam horas sentados/debruçados sobre o computador ou papéis. A consequência disso, além de ser um bom trabalho, é a dor nas costas, no pescoço ou no corpo de modo geral. Para evitar esse problema, há alguns truques, como alongar, levantar periodicamente, sentar na posição correta e ter móveis adequados. Dentre esses móveis, um dos mais comuns é a cadeira ergonômica, também conhecida como cadeira gamer.

Imagem: Reprodução

Cadeira gamer na arquitetura

Se você procurar no Google sobre a posição adequada para sentar durante o trabalho, vai perceber que há uma infinidade de dicas. Apoie os pés, mantenha o pescoço alinhado, não dobre o punho, apoie os cotovelos, ombros e quadris alinhados, etc. Porém, é muito difícil fazer tudo isso se você não tem a mobília adequada. Você pode até tentar começar e manter a posição, mas, depois de alguns minutos ou horas, vai perceber que todo o corpo já está um pouco torto, em busca da posição de menor energia.

Imagem: activfisio.wordpress.com

O ideal é ter uma cadeira que deixe seu corpo relaxado na posição adequada, fazendo com que você tenha mais conforto ao trabalhar e evite problemas futuros ocasionados pela má postura. Normalmente, são as cadeiras gamers que fornecem essa ergonomia.


Leia também: Cadeiras diferentes são tendência para a sala de jantar (mas cuidado para não errar na composição)


O nome gamer é devido ao fato do tempo que essas pessoas passam sentadas na frente do computador, que pode ir de horas até dias. No entanto, qualquer pessoa pode ter uma cadeira gamer e vai perceber o quanto trabalhar pode ser mais agradável quando está confortável. Para comprovar isso, nós testamos uma dessas cadeiras.

Imagem: Reprodução

+ Teste: cadeira gamer

A cadeira que nós testamos foi a Daytona Preta do Ecadeiras. Ela inclina até 180°, permitindo deitar o corpo, tem ajuste de altura de apoio de braços e assento e é giratória.

Como ela é discreta e tem um design moderno, pode ser encaixada em qualquer ambiente de forma natural. Depois de um dia de trabalho nela, a sensação é totalmente diferente e o cansaço é bem menor que quando ficamos curvados sobre a mesa. Se você sofre com dores no corpo, vale adotar as dicas para ficar na posição correta e ponderar sobre investir em uma cadeira gamer.

Imagem: Reprodução

E é exatamente essa a conclusão: a cadeira gamer é um investimento. Você investe uma quantidade de dinheiro em algo que vai te ajudar a trabalhar melhor e vai impactar diretamente a sua vida. Assim, trabalhar fica mais agradável e você ainda respeita os limites do seu corpo.

Sair da versão mobile