Ícone do site Blog da Arquitetura

Entenda a relação entre cinema e fotografia [+bônus com 5 indicações premiadas]

O cinema é a junção de diferentes artes, sendo a fotografia uma delas. Na verdade, a história do cinema está diretamente relacionada com a história da fotografia: no século 19, já existiam os primeiros registros fotográficos, mas faltava ainda conseguir registrar o movimento. Foi o fotógrafo inglês Eadweard J. Muybridge que desenvolveu um sistema capaz de registrar em sequência até 24 imagens de um mesmo corpo que, apresentados em sequência e velocidade, permitia ao observador ter a noção de que as coisas estavam se mexendo. Esta foi a base do cinema como o conhecemos até hoje.

A oitava arte (como é chamada a fotografia) é um elemento tão importante para a sétima arte (no caso, o cinema) que existem categorias próprias em premiações como o Oscar e que pode ser responsável pelo sucesso ou fracasso de uma obra.

Preparamos uma pequena lista de filmes, muito deles indicados e premiados na categoria de Melhor Fotografia. Confira!

Anna Karenina

A adaptação do romance de Liev Tolstói conta com Keira Knightley e Jude Law no elenco e foi indicado a vários prêmios, incluindo os de Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte e Melhor Figurino.

O filme conta a história de Anna, uma aristocrata casada com um rico funcionário do governo, mas que não está totalmente satisfeita. Ao viajar para consolar a cunhada que está passando por uma crise no relacionamento, ela conhece o conde Vronsky, com quem começa um romance.

Como se passa no século XIX, o filme é repleto de peculiaridades da época, com uma montagem que lembra uma peça de teatro. Além disso, o figurino é lindo e faz do filme uma grande referência no mundo da moda.

 

A Invenção de Hugo Cabret

Essa é a primeira obra em 3D do diretor Martin Scorsese, lançada em uma época em que a técnica ainda era pouco usada. O filme, que também se originou de um livro, conta a história do órfão Hugo, que vive escondido em uma estação de trem e guarda um robô quebrado deixado por seu pai. Ele faz amizade com Isabelle e descobre que ela tem uma chave que consegue ligar o robô, levando os dois a resolver uma aventura misteriosa.

O filme se passa nos anos 30, com diversas referências à história do cinema e venceu quase todos as indicações do Oscar 2012, incluindo a de Melhor Fotografia.

O Grande Hotel Budapeste

O filme de Wes Anderson é praticamente uma obra de arte, chamando a atenção não só pela fotografia como também pelos efeitos visuais e figurino.

O longa se passa durante as duas guerras mundiais, quando o gerente de um hotel europeu se torna amigo de um jovem empregado. Juntos, eles passam a viver diversas aventuras como o roubo de um famoso quadro de Renascimento.

A história do grande diretor rendeu muitas indicações no Oscar 2015, como a de Melhor Fotografia, e ganhou a de Melhor Figurino e a de Melhor Maquiagem e Cabelo.

 

O Labirinto do Fauno

O filme mexicano é incrível por sua história e ganhou praticamente todas as premiações na parte técnica, inclusive as de Melhor Fotografia, Melhor Maquiagem e Melhor Direção de Arte.

A história se passa após a Guerra Civil, no norte de Navarra, na Espanha. A protagonista Ofelia se muda para lá com sua mãe para se juntar ao novo padrasto. Durante a estadia, Ofelia descobre um fantasioso labirinto, onde traz consequências para à sua volta.

Her

Her conta a história de Theodore, um escritor solitário que se apaixona pela voz do sistema operacional do seu celular, trazendo uma reflexão sobre a relação do homem com a tecnologia.

Apesar de não ter sido indicado ao Oscar de Melhor Fotografia, ele foi indicado em outras categorias e ganhou a de Melhor Design de Produção.

Se você já assistiu algum deles ou gostaria de indicar outros filmes, conte pra gente. Aproveite também para acessar o site da Memória da Fotografia e do Cinema, onde é possível aprender e descobrir mais sobre as duas artes.

Sair da versão mobile