publicidade

publicidade

Você sabia que a China tem cópias de edifícios que são ícones da arquitetura?


Não é difícil encontrar réplicas chinesas de grifes de vestuário e acessórios de moda e até eletroeletrônicos, mas você sabia que a China tem uma espécie de coleção de cópias de grandes ícones da arquitetura mundial? Por mais surpreendente que isso pareça ser, é realmente verdade.

Apesar de o país despontar como um lugar fértil para obras originais de arquitetos premiados, existem muitas cópias espalhadas por lá. Mudam as dimensões e, após algumas adaptações dos projetos originais (afinal, a pretensão é que as réplicas sejam muito mais baratas), a cópia já poder ser “apreciada”.

Conheça a seguir alguns exemplos e divirta-se com a criatividade dos chineses.

Sydney Opera House

Assinado pelo arquiteto dinamarquês Jørn Utzon, o projeto original é um ícone arquitetônico da Austrália. Já a cópia chinesa… bem, ficou parecendo uma casinha de bonecas muito fofa.

Heydar Aliyev Centre

Apesar de a China ter duas grandes obras da arquiteta Zaha Hadid (Guangzhou Opera House e Galaxy SOHO), nada impediu que construíssem esta cópia do Heydar Aliyev Centre. O original está localizado em Baku, no Azerbaidjão.

30 St Mary Axe

Nem mesmo o edifício moderno mais famoso de Londres escapou da ambição dos chineses. O 30 St Mary Axe, de Norman Foster, ganhou uma versão bem reduzida. Afinal, é preciso poupar dinheiro, não é mesmo?

Centre Georges Pompidou

Com certeza existe uma réplica da Torre Eiffel em algum lugar do país. Mas para esta lista, encontramos uma cópia do parisiense Centre Georges Pompidou. Enquanto o edifício original é assinado pelo italiano Renzo Piano, a réplica é de autor desconhecido. Guardadas as devidas proporções, até que ficou bastante parecida com a obra de Piano.

San Francisco Museum of Modern Art

O suíço Mario Botta também ganhou uma versão chinesa. Neste caso, a obra exata não pôde ser identificada, mas parece uma mistura dos traços do San Francisco Museum of Modern Art com a Cathédrale d’Evry. Enfim, conseguiram incorporar tão bem o estilo do arquiteto que ficou difícil saber até que ponto este projeto é uma cópia ou original.

 

Depois de ver estes “magníficos” exemplos, qual você acha que deveria ser o próximo grande projeto copiado pelos chineses? Eu gostaria de ver como eles reproduziriam um Frank Gehry ou um Oscar Nieleyer. E vocês?

Fonte: ArchDaily.


publicidade

publicidade