publicidade

publicidade

O exótico e cinematográfico Deserto da Namíbia


Cenário de um dos filmes mais cultuados e premiados de 2015, o exótico Deserto da Namíbia se estende ao longo de 2 mil quilômetros de dunas, abrangendo a costa do Atlântico Sul, na África. Foi nas escaldantes areias da Namíbia que Imperator Furiosa, interpretada por Charlize Theron, deu início a uma das perseguições mais tensas e incríveis da história do cinema, em Mad Max: Estrada da Fúria.

Por isso, não é à toa que o turismo é uma das principais fontes de economia para o país africano, gerando emprego para quase 20% da população empregada. São mais de um milhão de visitantes por ano, que movimentam a economia namibiana graças ao ecoturismo.

+ Deserto do Namibe

Com 45 mil quilômetros quadrados de extensão, suas dunas estão em constante mutação: elas nunca são as mesmas de um dia para o outro, modificando a paisagem de acordo com a força do vento. Suas cores também mudam conforme a hora do dia, criando um impressionante jogo de tonalidades.

As dunas vermelhas do deserto são as mais altas e antigas do mundo, alcançando 350 metros de altura. Na planície salgada Deadvlei, o Rio Tsauchab é barrado por duas dunas. O resultado é uma paisagem pontuada por árvores secas, contrastando com o céu e o chão colorido.

namibia_04_blogdaarquitetura
No Deserto do Namibe, a paisagem muda de acordo com o vento e hora do dia

 

namibia_03_blogdaarquitetura
Jogo de cores e formas no Deserto do Namibe

 

+ Costa do Esqueleto

Aqui, o visitante encontra ossos de baleia e de animais terrestres em grande quantidade. Restos de embarcações naufragadas pontuam o local, como se fossem lembranças de uma longínqua civilização humana.  Com suas paisagens pós-apocalípticas, o local foi escolhido para as filmagens de Mad Max. Para contrastar esse cenário, na área próxima da praia é possível avistar animais como focas e flamingos rosas, que levam um pouco de cor e movimento à região.

namibia_01_blogdaarquitetura
Embarcação naufragada na Costa do Esqueleto

 

namibia_02_blogdaarquitetura
Flamingos colorem a Costa do Esqueleto

+ Parque Nacional Etosha

Se quiser avistar animais típicos de savanas africanas, o Parque Nacional Etosha oferece passeios parecidos com safáris. Antílopes, elefantes do deserto, rinocerontes negros, leões, gnus, hienas pintadas, zebras, pequenos camaleões-verdes e caramujos gigantes convivem no parque e são um deleite para quem adora observar a vida selvagem.

namibia_05_blogdaarquitetura
Diferentes animais habitam o Parque Nacional Etosha

publicidade

publicidade